Veja sites que rastreiam serviços de Wi-Fi pelo mundo


Foto: Adriano Vizoni
A Infraero passou a oferecer serviço de Wi-Fi (internet sem fio) gratuito na área de embarque de alguns dos maiores aeroportos brasileiros.

Mas a demanda de viajantes pelo serviço vai além da espera do voo. Uma pesquisa do site norte-americano Hotels.com indica que 38% dos hóspedes acham o Wi-Fi gratuito nos quartos um fator determinante na hora de escolher onde se hospedar.

Para quem vai visitar uma cidade e quer saber onde é possível se conectar à rede, há sites que mapeiam estabelecimentos e áreas onde o serviço é oferecido. Se o destino é o Brasil, o Mapa Wi-Fi (www.mapawifi.com.br ), ainda em versão beta, pode ser útil.

Feito a partir de indicações, ele discrimina os pontos oferecidos gratuitamente daqueles em que o acesso é pago. Sua utilização costuma deixar o browser mais lento.

Dentre as páginas em inglês, o JiWire (v4.jiwire.com ) é o mais completo, abrangendo as conexões disponíveis em todo o mundo. 

Nele, é possível navegar pelo mapa ou colocar o nome da cidade no sistema de busca, mas este último mecanismo pode confundir mais do que ajudar, principalmente ao se pesquisar grandes cidades, pois tende a mostrar resultados irrelevantes.

Outros sites são focados nos EUA, como o Open WiFi Spots (www.openwifispots.com ) e o Wi-Fi Free Spot (www.wififreespot.com ).

Em caso de desespero, uma alternativa segura é procurar por um McDonald's -o site da empresa lista as lojas norte-americanas que oferecem o serviço, que é gratuito (mcd.to/cVhUbw ).

NO CELULAR
Uma alternativa para ficar atualizado quanto à disponibilidade de Wi-Fi nos locais visitados é usar aplicativos para celulares e tablets.

O site 10 Travel Apps listou aplicativos para iPhone e iPad que indicam lugares que oferecem Wi-Fi em qualquer parte do mundo ou em alguma cidade determinada, mostrando apenas os serviços gratuitos ou também os pagos (www.10travelapps.com/category/WiFi ). Para o Android, há uma opção oferecida pelo JiWire (free-hotspot.jiwire.com/android ).



Fonte: http://www1.folha.uol.com.br 




Gostou? Compartilhe nas redes sociais


Ajude a divulgar o nosso trabalho, curta a página do blog no facebook rapidinho!

Deixe seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...