Maior biblioteca da Europa é inaugurada


Ela será inaugurada e aberta ao público hoje, em Birmingham, na Inglaterra. O prédio de 189 milhões de libras terá capacidade de acomodar mais de três milhões de visitantes ao ano, segundo a câmara municipal da cidade, que contribuiu com 159 milhões de libras para a execução da obra. A Library of Birmingham só não supera a British Library, que só opera por horários marcados e não empresta seus livros.
Localizada no Centenary Square, em meio ao centro da cidade, e projetada pela companhia holandesa de arquitetos Mecanoo, a biblioteca teve sua aparência inspirada na tradição de comércio de jóias da cidade.
“Vejo o prédio como uma ode ao círculo, e o círculo como um motivo da cidade” afirma Francine Houben, fundadora e diretora da Mecanoo. “A fachada lembra os gasômetros industriais”, representados pelos círculos pretos, “assim como a história do mercado joalheiro”, visto nos anéis prata.
O projeto procura criar um ambiente não só voltado aos livros, mas todo um centro cultural. Além de concentrar os livros no centro do prédio e criar áreas de leitura e convívio nas extremidades mais iluminadas naturalmente, a Library of Birmingham estará equipada com uma zona apenas para adolescentes, uma sala de contemplação para pensamento silencioso, vários terraços com jardins, um teatro e uma midiateca do British Film Institute.
A Mecanoo fez disponível, há algum tempo, um tour gerado por computador através da construção. O vídeo dá uma ideia da dimensão e organização do prédio aos amantes de bibliotecas que não estão em Birmingham.
O anúncio da data da inauguração da Biblioteca Pública de Birmingham gerou também uma disputa a respeito de qual seria o primeiro livro a ser colocado em suas prateleiras. Usuários da instituição puderam mandar suas sugestões através do Twitter, usando a hashtag #LoB1stBook,  com sua escolha e porque ela deveria ser o primeiro livro adicionado à coleção.
Dos mais de 400 mil livros transferidos da biblioteca antiga, o escolhido para primeiro livro da LoB foi nada menos que O Hobbit, de J.R.R. Tolkien. O livro é profundamente ligado à cidade, já que ali o autor passou a sua infância, e em Birmingham foram inspiradas várias paisagens tanto da adaptação cinematográfica de O Hobbit, quanto da trilogia Senhor dos Anéis.
Apesar de admirada, a aparência da nova biblioteca não foi unanimemente aceita. Segundo Oliver Wainwright, do The Guardian, “em um dia nublado, a biblioteca emerge de forma ameaçadora sobre oCentenary Square como uma armadura pesada, ou – como um transeunte avaliou – um grande par de calças rendadas”. Ainda de acordo com o jornalista, “‘como uma jóia’ não é uma expressão facilmente aplicada a grandes prédios” e “a Mecanoo se junta a uma multidão de arquitetos que recentemente têm usado da herança joalheira de Birmingham como desculpa para adicionar um ‘bling’ [às suas obras]”.
Seu vídeo-reportagem (em inglês) você encontra aqui.
Conheça a Biblioteca neste vídeo:


Fonte literatortura

Gostou? Compartilhe nas redes sociais


Ajude a divulgar o nosso trabalho, curta a página do blog no facebook rapidinho!

Deixe seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...