Inclusão Tecnológica para deficientes visuais no Campus Party 2012

Na última quinta-feira (09/02/12), o Cubo de Conteúdo, área de acesso gratuíto no evento Campus Party, realizou um painel de discussão sobre inclusão social e tecnologia. Mesmo não sendo um assunto novo é importante salientar que as tecnologias estão mudando cada vez mais rápido e o painel serviu para nos mostrar como os deficiente visuais estão se adaptando às novas realidades tecnológicas, como os dispositivos touch, e o que está sendo desenvolvido em termos de inclusão.
Antes de mais nada, precisamos entender o que é a Tecnologia Assistiva. No site Assistiva da Maria Lucia Sartoretto, uma das participantes do painel, diz que a “Tecnologia Assistiva é um termo ainda novo, utilizado para identificar todo o arsenal de Recursos e Serviços que contribuem para proporcionar ou ampliar habilidades funcionais de pessoas com deficiência e consequentemente promover Vida Independente Inclusão. (…) é uma área do conhecimento, de característica interdisciplinar, que engloba produtos, recursos, metodologias, estratégias, práticas e serviços que objetivam promover a funcionalidade, relacionada à atividade e participação de pessoas com deficiência, incapacidades ou mobilidade reduzida, visando sua autonomia, independência, qualidade de vida e inclusão social”.

Neste painel especificamente o foco foi a inclusão de pessoas com deficiencia visual. Como pessoas cegas podem se adaptar à essas novas tecnologias? É possivel um deficiente visual usar dispositivos touchscreen? Qual o grau de dificuldade da inclusão dessas pessoas?
O site Deficiente Ciente escreveu uma matéria falando sobre os equipamentos desenvolvidos pela Apple e suas funcionalidades para deficientes visuais. “Steve Wonder elogiou  a empresa Apple por seus produtos com características marcantes de acessibilidade. Para o cantor, o recurso para usuários com deficiência da empresa é melhor que o de qualquer outra grande companhia do setor. Produtos como o iPhone 3GS, o iPod touch e o iPad já possuem recursos para pessoas com deficiências visuais. Um dos aplicativos criados pela Apple pode mudar a tonalidade da tela, útil para os que tem baixo grau de deficiência visual. Em outros, uma voz soletra o que está sendo digitado. Detalhe: esse aplicativo funciona em mais de 20 idiomas.”
Depois de um longo esclarecimento por parte da banca convidada, procurei o perfil de um dos participantes, o Lucas Radaelli, que nos mostrou em um vídeo no Youtube como é a usabilidade de um iPad para pessoas com deficiencia visual.


Fonte  blog.habilis


Gostou? Compartilhe nas redes sociais


Ajude a divulgar o nosso trabalho, curta a página do blog no facebook rapidinho!

Deixe seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...